Domingo, 23 de Junho de 2024 07:01
88981351822
Internacional Lista

Além de Sabrina Carpenter e Barry Keoghan: Relembre videoclipes protagonizados por estrelas do cinema

Segundo single de novo álbum da cantora teve clipe divulgado na última sexta-feira (08/06)

08/06/2024 13h47 Atualizada há 2 semanas
Por: Gabriel Araújo
Sabrina Carpenter e Barry Keoghan em cena do clipe da música ''Please, Please, Please''. Foto: Reprodução
Sabrina Carpenter e Barry Keoghan em cena do clipe da música ''Please, Please, Please''. Foto: Reprodução

A cantora Sabrina Carpenter lançou recentemente um videoclipe que acompanha a canção de seu novo trabalho. Intitulada de ‘’Please, Please, Please’’, o vídeo dirigido por Bardia Zenali mostra a ex-atriz mirim da Disney ao lado de Barry Keoghan, ator conhecido por trabalhos como Eternos (2021), Saltburn (2023) e Os Banshees de Inisherin (indicado ao Oscar por esse último), que também é namorado de Sabrina, contando com uma referência à sua carreira na própria letra (I heard that you’re na actor, so act like a stand-up guy/Ouvi dizer que você é um ator, então aja como um cara exemplar). Juntos, os dois protagonizam uma história nos moldes de Bonnie & Clyde, com influências de Quentin Tarantino (o letreiro de abertura entrega a inspiração).

Desde que os videoclipes se tornaram uma mídia popular para divulgar música, muitos artistas unem forças com o cinema para trazer atores e atrizes populares para protagonizar o vídeo que acompanha a canção. Vamos relembrar alguns casos que marcaram.

Continua após a publicidade

Aerosmith - Crazy

O Aerosmith não vivia um bom momento de carreira no início dos anos 90. Mas o álbum Get a Grip, de 1993, deu uma nova vida para a banda, principalmente por uma trilogia de clipes protagonizada por Alicia Silverstone, atriz em ascensão na época, que pouco depois iria protagonizar As Patricinhas de Beverly Hills (1995), um dos maiores clássicos noventistas. Em Crazy, ela interpreta uma jovem colegial que resolve fazer uma road trip ao lado de sua companheira, interpretada por Liv Tyler, filha do vocalista, Steven Tyler, e que deu as caras pela primeira vez aqui. Liv viria também a se tornar uma atriz muito famosa, participando de filmes como The Wonders – O Sonho Não Acabou (1996) e é claro, a trilogia O Senhor dos Aneis (2001-2003).

Fatboy Slim – Weapon Of Choice ft. Bootsy Collins

Continua após a publicidade

Às vezes, uma ideia simples executada de uma maneira eficiente gera algo marcante. É o caso de Weapon Of Choice, música do DJ britânico Fatboy Slim, que conta com os vocais de Bootsy Collins. O clipe acompanha o personagem do consagrado ator Christopher Walken dançando em um hotel aparentemente vazio, com direito até a um breve momento em que ele voa pelo saguão. O clipe ainda conta com direção de Spike Jonze, conhecido por trabalhos como Quero Ser John Malkovich (1999) e Ela (2013).

Michael Jackson – You Rock My World

O rei do pop teve a sagacidade de convidar para atuar junto com ele, Chris Tucker, que estava em alta em 2000 com sua comédia A Hora do Rush. Com momentos que remetem a Smooth Criminal, o clipe de 13 minutos ainda conta com as participações de Michael Madsen (Kill Bill Vol.2), além de Marlon Brando, com ares de O Poderoso Chefão, e ainda conta com outra referência de sua carreira, já que o hotel se chama ‘’Waterfront Hotel’’, fazendo referência ao clássico Sindicato dos Ladrões (1954). Foi o último videoclipe da carreira de Michael, e foi eleito por leitores da Billboard como o quarto melhor videoclipe dos anos 2000.

Continua após a publicidade

Elton John – I Want Love

Muito antes de cogitar a possibilidade de ser o Homem de Ferro do ambicioso Universo Cinematográfico da Marvel, Robert Downey Jr. não vivia um bom momento, envolvendo-se em diversas polêmicas, até mesmo sendo preso. Mesmo assim, em 2001, o britânico Elton John decidiu dar um voto de confiança para o ator, o escalando para atuar no clipe de sua canção, ‘’I Want Love’’, do álbum Songs From The West Coast, que é dirigido por Sam Taylor-Johnson, da trilogia Cinquenta Tons de Cinza, e cujo trabalho mais recente foi a cinebiografia de Amy Winehouse, Back to Black.

Justin Timberlake – What Goes Around... Comes Around

Por falar em Marvel, alguns anos antes de encarnar a espiã Viúva Negra, Scarlett Johansson protagonizava, ao lado do ex-*NSYNC, Justin Timberlake, o clipe da música presente no álbum ‘’Future Sex/LoveSounds’’. Com quase 10 minutos, o videoclipe mostra um caso de amor entre os dois que acaba trazendo sérias consequências para ambos. Ganhou o Video Music Awards de 2007 de Melhor Direção.

Paul McCartney – My Valentine

O antigo integrante dos Beatles e Wings sempre traz algo de diferente em sua carreira, e com o clipe dessa música não foi diferente. Sem aparecer em momento algum, o músico põe em cena os atores Johnny Depp (Piratas do Caribe) e Natalie Portman (Star Wars), interpretando a letra da canção em linguagem de sinais, tornando a composição estética do vídeo ainda mais tocante. Ainda conta com um solo de violão realizado por Depp.

Sia – Elastic Heart

No auge de sua carreira, a cantora Sia costumava trazer a atriz e dançarina Maddie Ziegler como protagonista de seus clipes. Em Elastic Heart, música feita originalmente para o filme Jogos Vorazes: Em Chamas (2013), ela divide a cena com Shia LaBeouf, que ficou notoriamente conhecido pelos três primeiros filmes da franquia Transformers. E como esse ator sempre carrega polêmicas com si, na época, houveram algumas reclamações a respeito da grande diferença de idade entre ele e Maddie. Shia declarou em entrevista que a proposta do clipe era que ambos estivessem interpretando versões de Sia.

Menção honrosa: Thirty Seconds to Mars – The Kill

Não posso deixar de citar Thirty Seconds to Mars. No início dos anos 2000, o ator Jared Leto, que havia chocado a todos com sua atuação em Réquiem Para um Sonho (2000), resolveu lançar o primeiro álbum do projeto musical que havia fundado ao lado de seu irmão, Shannon, e assim o Thirty Seconds to Mars aparecia para o mundo. Por algum tempo, foi uma das bandas de rock mais populares, especialmente no auge do movimento emo, tendo a música e o clipe de ‘’The Kill’’ como possivelmente seu trabalho mais lembrado. Em entrevistas, Jared diz que o clipe é uma homenagem para a adaptação cinematográfica de O Iluminado de 1980, dirigida por Stanley Kubrick.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias