Domingo, 23 de Junho de 2024 07:33
88981351822
Política Senador Pompeu

Pré-candidato a vereador é preso sob acusação de falsificar laudos, no Ceará

Antonio da Costa Filho (PSol) foi flagrado em posse de formulários de passe livre intermunicipal para pessoas com deficiência e carimbos durante cumprimento de mandado.

22/05/2024 09h44 Atualizada há 4 semanas
Por: Thales Menezes Fonte: LUCAS BARBOSA / O POVO ONLINE
Foto: Divulgação / Redes Sociais
Foto: Divulgação / Redes Sociais

Um pré-candidato a vereador em Senador Pompeu, município do Sertão Central do Estado, foi preso em flagrante suspeito de crime contra a fé pública. Antônio Costa Filho (Psol) foi flagrado em posse de formulários de passe livre intermunicipal para pessoas com deficiência e carimbos, informou a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS). A prisão ocorreu durante cumprimento de um mandado de busca e apreensão.

"O suspeito foi conduzido até a Delegacia Regional de Senador Pompeu, unidade da PCCE (Polícia Civil do Ceará) responsável pela área, e colocado à disposição da Justiça", informou a SSPDS. A pasta não informou o que investiga o inquérito que proporcionou a expedição do mandado de busca e apreensão.

Antônio teve a liberdade provisória concedida em audiência de custódia realizada nesta terça-feira (21). Ele, porém, deverá cumprir as seguintes medidas cautelares: manter o endereço atualizado; comparecer a todos os atos e termos do processo; está proibido de mudar de residência sem prévia autorização judicial; e não poderá voltar a delinquir.

Continua após a publicidade

Em nota, o Psol de Senador Pompeu anunciou que Filho Costa, como é conhecido, foi suspenso do partido. Também foi afirmado que o partido “não tinha conhecimento dos fatos em apuração” e que Filho Costa “era, do nosso conhecimento, um cidadão idôneo, militante da causa das pessoas com deficiência”.

Confira a nota na íntegra:

Nota Oficial do PSOL - Senador Pompeu

Continua após a publicidade

"O PSOL vem a público esclarecer que, até esta data, não tinha conhecimento dos fatos em apuração que desencadeou a detenção de um dos nossos recém-filiados e que se encontrava como pré-candidato pelo partido.

O senhor Filho Costa era, do nosso conhecimento, um cidadão idôneo, militante da causa das pessoas com deficiência PCD's. E diante dessa circunstância que envolve seu trabalho, o PSOL de Senador Pompeu, adota postura cautelosa, anunciando a SUSPENSÃO dos direitos partidários do filiado, permitindo que o indiciado tenha acesso à ampla defesa, devendo posterior as apurações, decidir sobre a manutenção de sua filiação partidária.

Deixamos claro que, o PSOL, por sua história política, jamais apoiará qualquer tipo de ato delituoso por parte dos seus filiados."

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias